SOCIALBPM


Não é preciso deixar confinado ao espaço e ao grupo de uma oficina, o esforço de melhoria de um processo ou de uma rodada de inovação. Com o uso de redes sociais é possível, de forma sustentada, fazer processos específicos mais eficientes e efetivos pela aplicação de um sistema de controle de feedbacks concorrente ao ciclo de vida do processo e capaz de atender de forma eficaz aos participantes e interessados nesse processo numa fase de refinamento ou num BPI.

Assim, todos que de alguma forma têm interesse no processo podem interagir, durante as 24 horas por dia, com o gerenciamento do processo para fazer observações, fornecer sugestões, propor melhorias ou inovações e o sistema ainda pode usar essa participação para monitorar a participação e o engajamento das pessoas com os processos.

Tecnologias sociais já disponíveis no dia a dia, cada vez mais se integram às tecnologias de BPM, para que indivíduos colaborem e co-participem e essa é uma importante fonte de informação para modelagem, melhoria e inovação para os processos de que participam.

SOCIAL BPM é a expressão que vem sendo empregada para essa participação direta, via redes sociais, de interessados em um processo.
É uma disciplina que combina BPM com ferramentas e tecnologias sociais da SOCIAL WEB para dar suporte a BPI ou facilitar o refinamento.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close